domingo, 13 de março de 2011

A PROSTITUTA DE PLÁSTICO ANATÔMICO

Overdoses sensuais, strip-tises inocentes. Traumas carnais que só o capitalismo pode nos trazer.
Pó, sexo e diversão, kamikaze de ilusão. Na terra da superficialidade, nossos corpos não vencem a gravidade.
A violência triste em um ato sexual mal elaborado, como se o dinheiro pudesse comprar o amor. A anatomia reseca a carne não humana, até seus últimos fingidos gemidos.

ALEXANDRE ÉLIS

58 comentários:

Luis Sapir disse...

Sua crítica tem fundamento.
Infelizmente muito ainda é superficial. Tudo é comprado, menos o amor.
Belo final!
O comprado é a tentativa de nos associar a algo, nos vender. Vender a nossa imagem ao que sonhamos ser. Mas a essência está em poucos sentimentos e o amor é um deles.

Gustavo Torres disse...

acho que está forçando de+
as pessoas compram prazer, mais nada muito alem disso...
http://iliketeenworld.blogspot.com/

Francisco Jamess disse...

Isso se deve muito ao endeusamento da buceta e do machismo que prevalece em relação às prostitutas. Elas se sentem superiores ao macho que as possui, sentem como se eles estivessem em suas mãos, são súcubus sugando sua energia e qualquer homem que vá a elas pensando que vai ter uma mulher pra possuir está tremendamente enganado, pois uma mulher que tenha a consciência da cona e de como usá-la, a percebe como uma arma poderosa pra qualquer fim, pra conseguir emprego, um marido rico, o salário de um executivo em uma semana, etc. Há putas e putas, mas achar que a maioria delas é uma vítima da sociedade e faz aquilo porque passou fome ou não havia nenhuma outra opção é inocência.

Fica minha opinião, não excluindo de maneira nenhuma a realidade das prostitutas escrevizadas por cafetões e violentadas no trabalho. Mas essas são minoria. Putas ganham muito bem, e algumas são muito satisfeitas com o trabalho que o corpo escultural as proporciona.

Acho isso melhor que um "gostei do texto".

abraço

http://monologoscomdeus.blogspot.com/

Francisco Jamess disse...

E o amor, esse não é mesmo comprado. Você compra uma cona, por um periodo de tempo, talvez um cu, um boquete ou qualquer outra coisa que ela possa fazer com o corpo. Mas não amor.

Karla Hack dos Santos disse...

O prazer é fácil de comprar, é superficial e momentâneo...
O amor, real em sua essência, não pode ser negociado.

Habib Sarquis disse...

Forte crítica. Concordo com os comentários de cima. O amor não dá para se comprar.

http://boomnaweb.blogspot.com/

carolilith disse...

Texto franco, com palavras duras e bem encaixadas.
Nossa sociedade capitalista é tão consumista que pensa que pode comprar uma relação, intimidade e amor.
Ótimo texto! :)

ragnell disse...

bem critico mesmo ^^


http://www.papodebuteco.log7.net/
entra ai galera blog de conteudo
humor
trailers
radio propria (so clica no link)
e muito mais

Eddú Camargo disse...

hsuahsuah
post bem legal!
bem interessante

Sou cantor e estou divulgando meu trabalho atraz do blog!
http://edducamargo.blogspot.com/

Felipe Arce disse...

muito foda aushduas gostei lek parabens
http://xhdgamersx.blogspot.com/

Láh/ disse...

O dinheiro pode comprar tudo.. mas o amor, meu amigo..É impossível

Ai ai, protitutas. Sabem de coisas que até Deus duvida.

Gustavo disse...

muito bom viu, tem fundamento
bom mesmo viu

retribui aí
http://montagenslegais.blogspot.com/

Loverocklive disse...

Com certeza o amor é comprado também.

Luana Gonçalves disse...

O prazer Carnal humano é fácil, já o prazer eterno, sublime...

Adoro seu modo de escrever...

Jeniffer Haddad disse...

Arrasou! O modo de sua escrita é empolgante demais! Amei! *--*

dinho-music disse...

Texto cheio de palavras bem encaixadas.

Fogo disse...

Comprar momentos de prazer não compra tudo o que o Amor traz, mas tb não traz o sofrimento.
http://fogodeletras.blogspot.com/

Sara Melyssa disse...

E quem aqui sabe o que é o amor? Quem é capaz de mostrar claro argumentos do porque de não se comprar o amor ou do porque de se comprar? Enfim, Sua critica é totalmente firme nas palavras, elas chocam o leitor como as poesias do pré-modernismo, só que mais firmada e direta, mas ouso dizer que não concordo plenamente, mas isto é um assunto longo e deve ser discutido com cautela. Mesmo assim, o blog está muito bom. Parabéns e tenha uma boa noite.


---
http://saramelyssa.blogspot.com/

Bruno disse...

que modo interessante de falar das profissionais do sexo!

Mara Oliveira disse...

O prazer pode ser comprado e tem prazo contado!
O amor tem de ser conquistado, fica-se feliz/irradiante de se ter aquele alguém do lado! rs :)

http://temposurreal.blogspot.com/

Venusiana disse...

"Um ato sexual mal elaborado". A escolha das palavras foi perfeita, o ritmo, a sonoridade, tudo isso garantiu um quê a mais ao post.
Curti.

ADILSON JORGE disse...

Interessante. Muitos procuram o sexo acreditando que a felicidade está apenas no prazer carnal. Engano. O amor é muito mais do que isso. Coincidentemente, meu último post é sobre o amor. Se quiser fazer uma visita: http://www.ceucaindo.blogspot.com/

Abraços

Alex Azevedo Dias disse...

Uma prostituta de plástico é uma ótima metáfora do capitalismo selvagem.

Dani Amorim disse...

amor amor, sexo a parte, se tem profissionais é pq tem cliente, coitados desses clientes.

Rubi disse...

Como foi dito, sua crítica tem fundameneto, assim como todos os outros textos que você coloca aqui.

Ana disse...

Muito interessante seu texto, gostei do seu ponto de vista!
Parabéns...

Robson Amorim disse...

É bom refletir sobre o texto acima.

Neila Grenzel disse...

Todos sabem que é fácil ganhar dinheiro vendendo prazer por ai, até por isso essa é uma das profissões mais antigas. O mundo hoje em dia é muito superficial, quando saímos nas ruas já estamos nos vendendo de certa forma.
http://ideiasdesbloqueadas.blogspot.com/

Calafrios disse...

Opaa belo texto
http://calafriosterror.blogspot.com/

Andre Mansim disse...

Obrigado pelo comentário tão carinhoso no meu blog, parabens seu texto é muuuuiiiito bom...

Andre Mansim disse...

O unico problema é quando avhamos que nossas verdades são as verdades absolutas e ponto.
Aí está na hora da gente se reciclar, porque a soberba está tomando conta do nosso ego...

Andre Mansim disse...

Tá legal amigão!
Debater idéias vazias não leva a nada mesmo, e todo mundo tem o direito de achar o que quizer do trabalho dos outros.

Boa noite!

curioso.com disse...

Muito bom o blog, adorei.

http://curioso-ricardo.blogspot.com/

dinho-music disse...

Forte critica. adorei o post

Psicopatas da net disse...

O dinheiro compra sexo e companhia, mas nunca amor e amizade ! Seguindooo.

Eric disse...

É ... Não é só o amor que não se pode ser comprado. A felicidade é derivado do amor e, também, não tem valor que a compre!

http://futebol-emfoco.blogspot.com/

Jefferson Reis disse...

Gostei muito da forma como montou o texto e das palavras escolhidas. O efeito esta ótimo.

Eddú Camargo disse...

muito massa cara o post!
parabens!


http://edducamargo.blogspot.com/

Tsu disse...

Entrei em seu blog por causa da foto do seu perfil...tu conheceu o Inri Cristo *_*
asjasashahs nossa isso sim que é celebridade!

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

kkkarla disse...

Vc já leu lisístrata? Qdo falamos em usar o corpo para conseguir algo, lembro logo de aristófanes explorando o "não usar" para conseguir o q se quer!

http://ouricouricado.wordpress.com/

Raquel Andrade disse...

adorei a crítica, elaborada com esse seu ótimo texto. assunto pouco discutido, mas que é praticado com frequencia.

Parabéns!
http://heycherrycake.blogspot.com/

o outro lado disse...

sua critica foi otima... hoje em dia as coisas andam tao banalizadas, as pessoas andam tao banalizados... =/ o amor é um sentimento tão sublime mas até os sentimentos estão sendo banalizados/ salve raras exeções

ragnell disse...

bom post ^^

Victor Viana disse...

Belas palavras , boa critica , como as pessoas ai ja falaram , não se compra o amor

Sandro Mangueirense disse...

Texto denso. Nao conhecia seu blog, e lendo seus textos, eles causam sensações. Me fez pensar em muitas coisas... Muito bom!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Elaine Oliveira disse...

"como se o dinheiro pudesse comprar o amo" Grande ilusão de muita gente.

Obrigada pelo comentário! to seguindo =]

bj

http://www.agiteantesdeusar.net/

Psicopatas da net disse...

Não há o que fazer com castastrofes da natureza...

Psicopatas da net disse...

catastrofe*

Psicopatas da net disse...

Tu poderia escrever de algumas catastrofes em seu blog, principalmente da atual !! ;)

sue. disse...

Veeeeeelho, cara... tu escreve MUITO bem! Sério, eu amei seu blog *-* Os textos... certos protestos.. amei mesmo! PARABÉNS

Fabi disse...

que eu saiba o amor nunca é comprado.

Srta Felicidade disse...

é verdade concordo!

Natt M. disse...

Muito bom o texto, boa abordagem
PARABÉNS

http://nocast-one.blogspot.com

Isabelle Meuser disse...

Texto muito bom sobre um tema que dá o que falar. O amor está muito longe de ser algo que se possa negociar.

Loirinha ;* disse...

Achei um pouco demais seu post.
Logico qe amor, nao pode ser comprado mas nao caso nao precisamos citar o amor, é sexo simplesmente sexo.
sexo nem sempre precisa vir acompanhado de amor, o problema da prostituição acredito que não esteja na falta de amor e siim na venda de um corpo.

mas como dizem, cada cabeça uma sentença

http://ummundoquaseparticular.blogspot.com/2011/03/bruna-surfistinha.html

Post novo
Minha opinião sobre o filme:

Bruna Surfistinha

Comentem !!

Estilo de vida aliados disse...

meu caro amigo conhecendo voce posso levar em cosideração q esse texto se baseia nas suas proprias experiecias e fracasos e levando em cosideração q vc nem ligue esse comenterio naum é valido
muito obrigado

Mosaicos de uma vida disse...

Tudo isso porque vivemos num mundo onde o dinheiro fala mais alto. Quanto ao "trabalho" das prostitutas, dizem que é uma "vida fácil". Será?

MikaelMoraes disse...

bicho, já vi q a criatividade
aí transborda
parabéns novamente
vc é fera
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com