domingo, 20 de fevereiro de 2011

O EQUILÍBRIO DAS CORES

O preto que via para outros era branco.
Pressentia roxo, obscurecia azul,
ostentava verde, consumia vermelho,
dançava púrpura, brigava no breu do cinza,
desentendia-se com o rosa.
Suas percepções visuais eram incolores.
O vermelho não se conectava com o roxo,
o azul mal sabia que o cinza lhe causava emoções.
O luxo que o verde trazia aliado com o vermelho,
contaminava até o preto. Branco hormonal.

ALEXANDRE ÉLIS (vale apena ler de novo)

21 comentários:

Francisco Jamess disse...

dá para entender esse texto de várias formas. eu ENTENDI da minha, e gostei bastante.

abraço

http://adegadobardo.blogspot.com/

Lolly disse...

Gostei, entendi da minha forma, e amei!
-

http://lollyoliver.wordpress.com/

Natália disse...

Amei a forma
e lembrei:
"verde que te quero verde"

றαяo¢α disse...

Realmente vale a pena ler de novo..parabéns.

pisovelho.com.br disse...

Mais um texto para fazer pensar e refletir por horas... :)

diogo disse...

me impressionou essa maneira de escrever

Rubi disse...

Como o Francisco disse, dá pra interpretar de várias formas. Cada um entende como quiser.

http://allclassics.blogspot.com/2011/02/outros-atores.html

aomenosoalivio disse...

texto bem simples porém interessante! como amigo aí de cima falou dá para interpretar de várias maneiras!

vell disse...

brilhante! bem provocador o texto. to te seguindo.. bjs ;*

vell disse...

sim, sou evangélica, mas não sou preconceituosa. :)

seu blog é realmente interessante, bjs ;*

vell disse...

poxa, obrigada! me sinto lisonjeada! agora não dá pra adc porque estou em aula na facul, mas prometo adc amanha de manhã. rs

beijão! e boa noite ;*

Higor disse...

Sei la eu entendi do meu modo. Mas na real talvez me falte uma percepção, sensibilidade maior, ou até mesmo inteligência para ler esse tipo de texto "empoemado" sem fazer pouco do mesmo. Então na minha opinião: legal, mas nem tanto.

Sobre sua pergunta:

Dentro do contexto do texto, sucesso seria ser feliz, fazendo aquilo que gosta. Basicamente isso. Por que?

Ulisses Coelho disse...

e todas as cores juntas forma a cor pretaaaa

q coisa nao?

http://filosofossuicidas.blogspot.com/

Francorebel disse...

Live cat

Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.
Tem um gato vivo esperando na calçada terrestre.


mias umas 50 vezes. ...





Brilhante comentário.
Vou tentar te seguir!








































































F.

Rodrigo Ludwig disse...

Gostei bastante do poema, bem criativo e concreto.

Também escrevo poemas, dá uma olhada? http://rodrigoludwig.blogspot.com/

Karla Hack dos Santos disse...

Achei bem criativa e interessante a sua forma de brincar com as cores e os sentimentos...

Muito bom!

;D

Dih disse...

Poxa realmente li duas vezes e é uma texto pra se interpretar de varias formas. Mas que no geral é um otimo texto. Gostei
http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

Raomi Pani disse...

e você chama esta confusão de equilíbrio? esse branco anormal, esse preto fosco, esse vermelho sangue que já não sangra mais.

gostei. '-'

O mundo de cada um disse...

Adorei esse jogo de cores.

Paula Palacio disse...

Entendi da minha forma e adorei o texto...
mto legal o blog
:D

Patricia Carneiro. disse...

Adorei!
Faz refletir!
Muito bom o seu blog.