quarta-feira, 25 de agosto de 2010

FATOS IRREAIS

Aconteceu algo, mas ninguém tinha certeza do fato, então chamaram os repórteres para falar sobre o acontecido, câmeras, microfones e fios para gerenciar a realidade local. E chegaram médicos com ambulâncias, sirenes e macas. Policiais, viaturas e algemas. Gari, vassouras e pás. Historiadores, canetas e papéis. Perícia, lupas, saquinhos e luvas. Um ambulante curioso chora por engano a irrealidade do fato.

ALEXANDRE ÉLIS

6 comentários:

atuações levianas disse...

vc quer dizer que até a mentira acontece?

Lolly disse...

hm, texto confuso.
http://lollyoliver.wordpress.com/

@jooy3 disse...

Não entendi mt bem, mas tdo bem HAAHA
Passa? http://jooymartins.blogspot.com/
beijoos ;*

Alessandra disse...

Acho que a inteção é essa mesma confundir... rs

Daiah Scarlet disse...

não dá pra entender muito o objetivo do texto.. mas ta legal
gosto de coisas subjetivas

ostons2.0 disse...

Fiquei confuso mas achoo que esta criticando a midia que promove falsas noticias