quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

DESASTRES NATURAIS

A unha cresce, o gás espalha, o resfriado espirra, o hematoma dói.
Do nada acontece, desastres naturais, defeitos humanos,
a piada se torna gasosa, dor prazer, gripe epidemia, unha câncer.

ALEXANDRE ÉLIS

8 comentários:

atuações levianas disse...

o cu é que muitas vezes um desastre é apenas a porta de entrada de outro.
como o cu com cocô

SR. MIGUER disse...

falando nisso tenho que fazer bum desastre na privada...

lollyoliver disse...

É, é realmente assim...
http://lollyoliver.wordpress.com/2011/09/04/novas-aquisicoes-esmaltes/

Aline Diedrich disse...

E assim, conscecutivamente, outros desastres virão!

Yuri disse...

Eu não intendi nada!

Rose disse...

É complicado mesmo, o mundo anda em direção a catástrofes bem maiores e a humanidade sendo a maior culpada vai junto com ele.

musicpris disse...

mt sábio o mundo acelera a destruição mas desastres são desastres os naturais então podem ate dizimar a população planetaria, pode ser uma baita cagada da natureza pra renovar as baterias cosmicas ashuashushasuhsahu

Cícero Barbosa disse...

bem por ai mesmo cara!