sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

DEUSES DA IMPERFEIÇÃO

Todo equilíbrio vem da tragédia. A estética contraída em seus ossos,
são sonhos desgastados de mentiras contestáveis.Espere o azar de sua natureza refletir os odores, para que se sinta inútil...não ofereça sua liberdade a fome, distancie das monoculturas.

ALEXANDRE ÉLIS

4 comentários:

atuações levianas disse...

esse ficou bom... dá pra ganhar o concurso de textos com sentido e também se arriscar nos sem sentido!
é o melhor dos dois mundos

Fabio disse...

E se nada disso adiantar... toma paracetamol!

thamis disse...

Se sua vida é uma passagem qualquer no infinito, é uma opção. Minha vida não é e nem será assim. Eu não sou sempre comedida, mas trato assim meus problemas. Prefiro refletir antes de tomar alguma atitude, senão acabaria por me comprometer demais com a lei dos homens.

Rubi disse...

Simples e objetivo!